Os melhores pôsteres de 2016

2016 foi um ano bastante tenso no mundo. Aconteceram muitas coisas, mas no cinema tivemos boas produções e outras, nem tanto. Alguns filmes não foram lançados no Brasil, mas suas artes disponíveis para todo mundo ver em 2016. Nossa seleção apresenta pôsteres que apresentam a produção, as taglines de efeito, “brincam” com objetos e até mesmo ironizam datas comemorativas, chamando assim a atenção para as produções: aliás, esse é o papel do marketing, certo?

Confira abaixo os melhores cartazes de 2016, segundo o blog:
aquarius

arrival_ver18

assassins_creed

batman_v_superman_dawn_of_justice_ver2

birth_of_a_nation

christine_ver2

de_palma

 

deadpool_ver7_xlg

 

doctor_strange

equals

girl_on_the_train

ahgassi-the-handmaiden

jackie

kubo_and_the_two_strings_ver15

la_la_land_ver3

la_la_land_ver7

loving

moonlight_ver2

monster_calls

neon_demon_ver2

pride_and_prejudice_and_zombies_ver13

queen_of_katwe

silence

wiener_dog

#MuseumWeek: a arte do mundo em uma só rede

Antigamente, o museu era um lugar temido pelas crianças pela monotonia e não conseguirem compreender as obras ali expostas. Os tempos mudaram e de uns anos pra cá, esse locais atraíram até então pessoas que, simplesmente, nunca frequentaram um museu ou que achavam chato.

Nos anos 2010, desembarcaram no Brasil (especialmente no eixo RJ/SP) inúmeras mostras que bateram recordes de público, graças ao conteúdo que aproximava o público do trabalho artístico. Mostras com temática pop como do cineasta norte-americano Stanley Kubrick; do músico britânico David Bowie; do programa infantil Castelo Rá-Tim-Bum; dos artistas plásticos Yayoi Kusama e Ron Mueck e também clássicos como obras de arte impressionista; do espanhol Salvador Dalí e do russo Wassily Kandinsky têm em comum mostras bem-feitas, ricas em conteúdo e, claro, atraíram filas gigantescas aos museus.

Isso, segundo curadores de arte, as redes sociais tomaram um papel fundamental e ajudam como uma nova forma de divulgação. Com isso, pessoas usam as mídias para mostrar fotografias de objetos da mostra e através das hashtags, inúmeras mensagens sobre um mesmo assunto se multiplica, atraindo ainda mais público aos museus.

Para investir cada vez mais nessa interação, o microblog Twitter organiza a Museum Week. O objetivo da iniciativa é convidar instituições culturais do mundo todo a divulgarem atividades, curiosidades, lembrancinhas vendidas nas lojinhas, a arquitetura dos prédios etc.

Entre os participantes da #MuseumWeek estão o Musée du Louvre (Paris), Museu Nacional d’Art de Catalunya (Barcelona), Château de Versailles (Versailles), The British Museum (Londres), Museum of Modern Art (Nova York), Pinacoteca do Estado (São Paulo), Museu de Arte do Rio (Rio de Janeiro), Museu da Imagem e do Som (São Paulo) só para ficar nos mais frescos na memória.

A #MuseumWeek começou em 24 de março e termina em 29 de março, com temas diferentes a cada dia. O público pode participar da iniciativa enviando fotografia (com a hashtag do dia), como #poseMW, para selfies e poses feitas nos locais.

Os Melhores Pôsteres de 2014

Os pôsteres são fundamentais para o marketing do filme e pode fazer uma grande diferença em chamar público para a produção, juntamente com o trailer. Aqui, a nossa seleção conta com filmes lançados em 2014 nos seus países de origem.

A Torre Eiffel de cabeça para baixo com caveiras cria sensação de caos no teaser de “Assim na Terra Como no Inferno”.

Michael Keaton e seu alter-ego Birdman em versão desenho.

Simples é tudo! E essa arte desperta a curiosidade em conhecer a história de “Boyhood – Da Infância à Juventude”.

Hazel Grace e Augustus Waters em momento de amor, apesar das dificuldades neste teaser de “A Culpa é das Estrelas”.

Teaser pôster de “O Desaparecimento de Eleanor Rigby” é um rascunho de quem é a protagonista.

Um revolver segura a estrutura de uma ponte. É a prévia do plot de “The Drop”, um dos filmes póstumos de James Gandolfini.

O título original da animação “Festa no Céu” compõe a face de uma caveira.

A face de Steve Carell cortada sob a imagem da mansão palco de fato trágico – e retratado em “Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo”.

A frase “Você não sabe o que tem até que seja…” juntamente com uma noticia na TV mostram que “Garota Exemplar” já nasceu misterioso.

Todo o luxo de “O Grande Hotel Budapeste” não está só no local, mas também nos nomes presentes no cartaz.

O desenho com cores alegres no pôster de “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” representa que o amor é mais forte que qualquer barreira física.

Ilusão de ótica permeia esse pôster de “O Homem Duplicado”, filme baseado na obra de José Saramago.

Enquanto todos estão conectados em seus smartphones, ainda conseguimos achar o sentimento “ao vivo” neste engenhoso pôster de “Homens, Mulheres e Filhos”.

Arte da propaganda do governo da Capital, governado por Snow em “Jogos Vorazes: A Esperança – Parte 1”.

O finado crítico de cinema Roger Ebert fotografado em seu local favorito no documentário “Life Itself”.

Reese Witherspoon com o pé na estrada em “Livre”.

Jessica Chastain incorporando a donzela de época neste simples, mas atraente pôster de “Miss Julie”.

A bandeira norte-americana com o drama de Bradley Cooper em “Sniper Americano”.

O rosto de Scarlett Johansson submerge ao céu estrelado no intrigante “Sob a Pele”.

Todo o colorido noir neste teaser poster de “Vício Inerente”, novo filme de Paul Thomas Anderson.

A baqueta de bateria simboliza o precipício do protagonista neste cartaz brasileiro de “Whiplash – Em Busca da Perfeição”.

O contraste entre os Xavier e Magneto do passado e futuro nos teasers de “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido”.

Salute, Campari!

A atriz francesa Eva Green, conhecida por papeis de mulheres sedutoras e fortes como a Bond Girl Vesper Lynd em 007 – Casino Royale (2006) e, recentemente como a médium Vanessa Ives na série Penny Dreadful, é a estrela do calendário de luxo 2015 da bebida italiana Campari intitulado Mitologia Mixologia, dedicado aos coquetéis mais clássicos da marca.

O ensaio mostra Green percorrendo alguns períodos históricos, com o objetivo de proporcionar uma sensação distinta de vislumbrar o futuro e viajar ao passado em grande estilo. Julia Fullerton-Batten, fotógrafa de artes plásticas, entra para a história da Campari com a primeira mulher a captar as lentes de um editorial do brand.

Vivienne Westwood, Versace e Christian Louboutin são algumas personalidades fashion que assinam os modelitos de Eva.

O Calendário Campari é distribuído em uma edição limitada de apenas 9.999 cópias, distribuído para clientes seletos e já contou com nomes como Penélope Cruz, Uma Thurman, Jessica Alba, Eva Mendes, Salma Hayek, Milla Jovovich e Olga Kurylenko. Em 2011, Benício del Toro foi o primeiro homem a representar o drinque.

Logo abaixo, você confere toda classe e sedução de Eva Green em diferentes cenários, mas com o mesmo foco: “the unforgettable drink”.

Capa do calendário com a roda do tempo – que simboliza as datas importantes do rico e colorido passado da Campari. (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Janeiro (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Fevereiro (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Março (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Abril (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Maio (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Junho (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Julho (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Agosto (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Setembro (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Outubro (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Novembro (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)

Dezembro (Foto: Julia Fullerton-Batten/Divulgação Campari)